Grupo de Estudos
Seja bem vindo ao Fórum GEENF!


Att. GEENF

Mobilização nacional termina, mas vacinação contra H1N1 em municípios continua

Ir em baixo

06062010

Mensagem 

Mobilização nacional termina, mas vacinação contra H1N1 em municípios continua




A mobilização nacional para vacinação contra a gripe H1N1 terminou em todo o Brasil, com 73.205.076 pessoas imunizadas, segundo dados parciais informados pelos Estados e Municípios. É a maior vacinação já realizada no país, superando os 67 milhões de imunizados contra a rubéola, em 2008. Os 73,2 milhões de vacinados representam 37% da população brasileira.

Proporcionalmente, é a maior campanha realizada no mundo. Estados Unidos, por exemplo, vacinaram 24% de sua população. México, 20%; Suíça, 17%; França, 8%; e Alemanha, 6%.

" Os números mostram o sucesso de nossa estratégia, uma vitória de todo o Sistema Único de Saúde e da sociedade brasileira" , resume o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. " Isso demonstra o grande trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde vacinadores e a confiança da população no Programa Nacional de Imunizações" .

A meta nacional de vacinar pelo menos 80% do público-alvo foi atingida entre doentes crônicos, crianças menores de 2 anos, adultos de 20 a 29 anos, trabalhadores de saúde e indígenas. Mas, até as 15h da última quarta-feira, a cobertura ainda deixava a desejar entre adultos de 30 a 39 anos (60%, com 17,5 milhões de vacinados e público-alvo de 29 milhões) e crianças de 2 a menores de 5 anos (10%, com 1 milhão de vacinados e público-alvo de 9,6 milhões). Nesses dois grupos, nenhum estado atingiu 80%, até o momento.

Por isso, o Ministério da Saúde determinou, juntamente com os Conselhos Nacionais de Secretários Estaduais (CONASS) e Municipais (CONASEMS) de Saúde, que os municípios devem continuar a vacinar os públicos prioritários que não tenham atingido a meta. Um balanço consolidado com os números da campanha deverá ser divulgado na próxima semana.

Com relação às crianças, haverá novo reforço, no próximo dia 12, quando ocorre a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, voltada para menores entre 2 anos e 5 anos. Nesta data, as crianças também poderão tomar a vacina contra a gripe H1N1, mas apenas nos postos fixos de vacinação e não nas unidades volantes.

Já é praxe que nos dias de campanha contra a paralisia infantil as equipes de saúde aproveitem para atualizar o cartão de vacinas da criança. Este ano, os pais e responsáveis poderão aproveitar a ida aos postos para vacinar as crianças contra a gripe.

" Mas recomendamos que não deixem para imunizar as crianças contra a gripe apenas no dia da campanha da pólio. Procurem se vacinar antes" , diz o ministro Temporão. É importante lembrar que, após tomar a vacina, o organismo leva até 14 dias para estar totalmente protegido. As pessoas devem procurar a Secretaria de Saúde do seu município para buscar orientações sobre dias e horários de funcionamento dos postos.

No caso das mulheres grávidas, os 2,1 milhões de vacinadas até o momento representam uma cobertura de 70%. O índice está dentro do esperado, pois o cálculo do público-alvo foi feito com base na estimativa de nascimentos para todo o ano. " Mas precisamos considerar as gestantes que deram à luz nos primeiros meses do ano, antes da vacinação, e as que vão engravidar após a campanha" , explica o diretor de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, Eduardo Hage.

_________________
avatar
Pâmela Patrícia
Admin

Mensagens : 1881
Data de inscrição : 11/02/2010
Idade : 34

Ver perfil do usuário http://geenf.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum